Make your own free website on Tripod.com

  O Sentido da Vida
 

 
  
A Filosofia
no nosso Quotidiano

 

 [ Home ] Poemas ] Amor ] Amizade ] Felicidade ] Filosofias ] Humanos ] Pensamento ] Idade ] Sentido ] Ilusão ] Brevidade ] Dor ] Morte ] Após Morte ] Ciência ] Universo ] Humor ]
            

Home
Poemas sobre a Vida
O Amor e a Vida
A Amizade e a Vida
Felicidade
Filosofias de vida
Os Seres Humanos
Pensamento existencial
A Idade e o Sentido
Há sentido na vida?
A vida é sonho
Brevidade da Vida
Vida e sofrimento
Morte
Vida após a morte
Ciência e sentido
O Homem e o Universo
Humor
Sites

 

 SENTIDO DA VIDA


O SENTIDO DAS NOSSAS VIDAS
O sentido da vida

O amor dá sentido às nossas vidas, tal como a amizade, ou a arte, ou a crença em Deus. São factores de felicidade, de paz interior, de harmonia, que suportam as nossas existências.

Mas há o outro lado. Há a crueldade do mundo, a dor, o mal, para já não falar da morte. Eles são tigres escondidos, emboscados e prontos a atacar os incautos, para usar uma imagem presente nas escrituras budistas. Eles podem ser factores de infelicidade, geradores de falta de sentido da nossa vida.

E são entre estes dois pêndulos que se desenrolam as nossas vidas. E quando pensamos em tudo isto, os nossos estados de alma, originam diversas e desencontradas reflexões sobre o sentido da vida.

É sobre essas reflexões e pensamentos, sobre o que homem pensa e tem dito das suas vidas – e o que a filosofia tem avançado – que este site se debruça.


Reflexões poéticas sobre a brevidade da vida
O sentido da vida


Insignificantes mortais que como as folhas desabrocham e aquecem de vida, e se alimentam dos que o chão lhes dá, para logo murcharem a de seguida morrerem.
Homero, século IX a. C., poeta grego, Ilíada

Mais:
A brevidade da vida


Especulações sobre o nosso lugar no mundo

Quando considero a curta duração da minha vida, engolida na eternidade do antes e do depois, e o pequeno espaço que eu preencho, e posso ver, ultrapassado pela infinita imensidão de espaços que ignoro e que não me conhecem, fico assustado, e espantado por estar aqui em vez de lá; porque não há razão para aqui em vez de lá, ou agora em vez de então.
Quem me pôs aqui? Por ordem de quem e em que direcção este lugar e tempo me foram atribuídos?
B. Pascal, 1623-1662, filósofo, físico e matemático francês, Pensamentos   

Mais:
O Homem e o Universo



Reflexões sobre a felicidade e a infelicidade

Acredito que o propósito da vida está em ser feliz.
Dalai Lama, Líder politico e espiritual tibetano, Voices from the Heart 

Mais:
A Vida tem Sentido?
Ciência e Sentido da Vida



Reflexões sobre o amor e a amizade nas nossas vidas
O sentido da vida

Ao mamarmos ao peito da nossa mãe, provámos não apenas o seu leite mas também amor - o amor suficiente para sabermos que é a única coisa que nos pode satisfazer e que nos faltará para sempre.
A. Compte-Sponville, filósofo francês, Pequeno Tratado das Grandes Virtudes

Mais:
A Amizade e a Vida
O Amor e a Vida



Reflexões do tipo filosofia de vida

Não te preocupes com o dia de amanhã, porque o amanhã trará consigo o que é seu. Bem basta os problemas que cada dia traz no seu regaço.
Bíblia, S. Mateus 

Mais:
Filosofias de vida
Poemas sobre a vida



Reflexões sarcásticas e humoradas sobre a vida
O sentido da vida

Vejo o melhor, e aprovo; mas sigo o pior.
Ovídio, 43-17 d. C, escritor romano, Metamorphoses 

Mais:
O humor e a vida
 


Reflexões de cariz científico

Somos máquinas de sobrevivência - veículos robotizados cegamente programados de modo a  preservarmos as moléculas egoístas a que chamamos genes. Essa é a verdade que me enche de espanto.
Richard Dawkins, sociobiólogo inglês, The Selfish Gene

Mais:
Ciência e Sentido da Vida
O Homem e o Universo



Reflexões sobre a importância da sabedoria
O sentido da vida

O sábio tem o sol e a lua a seu lado. Ele traz o universo debaixo do braço. Ele integra tudo num harmonioso todo, desvaloriza o que é confuso e obscuro, e privilegia o que é humilde e honroso.
Tchuang-Tseu, filósofo chinês ligado ao taoismo, século III ou II a. C., Book of Tchuang-Tseu 

Mais:
Filosofias de Vida
Felicidade



Reflexões sobre a crueldade do mundo, a dor, a morte

A natureza arranca os seres uns aos outros depois de os ter rodeado de amor. Ela divide-os e ordena-lhes que ainda amem.
G. Leopardi, 1798-1837, escritor italiano, Poésis, Le Coucher de la Lune

Mais:
A vida é sofrimento
A morte
Vida pós-morte

Pensamento Existencial



Reflexões sobre o que somos no Universo

Nós, filhos das águas, da Terra e do sol, não passamos de uma palhinha, de um feto da diáspora cósmica, de migalhas da existência solar, de um insignificante rebento da existência terrestre.
E. Morin, sociólogo e filósofo francês, Método V

Mais:
O Homem e o Universo
Ciência e Sentido da Vida



Reflexões sobre quem somos
O sentido da vida

Por muito sábio que alguém seja, não passa, ao fim e ao cabo, de um homem.
Montaigne, 1533-1592, escritor francês, Essais 

Mais:
Os seres humanos - A condição humana



Reflexões positivas e optimistas sobre o sentido da vida
O futuro espera-nos com os seus males, mas enquanto houver a lua e a música, e amor e romance, escute a música e dance.
Irving Berlin, 1888-1989, compositor norte-americano, Follow the Fleet   

Mais:
Filosofias de Vida
Felicidade
A brevidade da vida
A vida e o sofrimento
A vida é ilusão e sonho
Humor e vida
Pensamento existencial



Reflexões sobre o carácter ilusório das nossas vidas
O sentido da vida

Os sonhos são verdadeiros enquanto duram… E não vivemos nós em sonhos?
Alfred Lord Tennyson, 1802-1890, poeta inglês, The Higher Pantheism. 

Mais:
A vida é ilusão e sonho



Reflexões sobre a velhice e a juventude

Chegará um dia em que tu, que agora foges ao amor, te verás velha e abandonada, condenada a passar a noite sozinha, no teu leito gelado. Por tua causa não se levantará nenhuma disputa nocturna te quererá forçar a porta, nem, pela manhã, terás rosas espalhadas junto da soleira.
Ovídio, 43-17 d. C, escritor romano, A Arte de Amar

Mais:
O sentido da vida e a idade



Reflexões sobre a morte
O sentido da vida

Quem sabe se o sopro de vida dos filhos dos homens subirá às alturas, e o corpo da vida dos animais descerá ao fundo da terra?
Bíblia, Eclesiastes

Mais:
Morte
Vida após a morte


Outros sites:
Sites




Pensamento da semana e Comentários

Retornar ao topo - Sentido da vida
 


 

 

CITAÇÕES E COMENTÁRIOS DA SEMANA


                      

CITAÇÕES 
22 - 30 Abril


CITAÇÕES

Apenas há uma forma de se ser feliz na vida: amando e sendo amado.
George Sand

Nós, seres humanos, somos animais dependentes do amor.
Humberto Maturama

O ódio não é conquistado com ódio: o ódio é conquistado com amor. Esta é uma lei eterna
Pali Tripitaka

O amor é a única coisa capaz de transformar um inimigo num amigo
Martin Luther King, Jr.

O amor frustrado transforma-se facilmente em ódio.
Edgar Morin

O amor é uma aventura que se arrisca à ilusão e à mentira, e a terminar em tragédia.
Edgar Morin


C
OMENTÁRIO
O amor alimenta o ódio

O amor é o supremo bem. «Apenas há uma forma de se ser feliz na vida: amando e sendo amado.», disse George Sand. «Apenas a alma que ama é feliz.», considerou Goethe. E Maturama: «Nós, seres humanos, somos animais dependentes do amor».

Até o ódio pode ser vencido pelo amor: «O ódio não é conquistado com ódio: o ódio é conquistado com amor. Esta é uma lei eterna», diz-e no Pali Tripitaka.  «O amor é a única coisa capaz de transformar um inimigo num amigo», considerou também Martin Luther King, Jr..

E no entanto, caprichosamente, o amor também pode ser fonte de ódio. O amor defraudado é ciumento e perigoso. «O amor frustrado transforma-se facilmente em ódio» – constata Morin. Ele é causa de muitos milhares de violentos crimes passionais. «O amor é uma aventura que se arrisca à ilusão e à mentira, e a terminar em tragédia», considera Morin.

A outro nível, certas formas de amor religioso e político são igualmente fonte de muitos crimes e ódio. Na Idade Média, o amor a Deus, alimentou múltiplas perseguições religiosas, e muitos morticínios. Milhares ou milhões de homens morreram, em guerras fratricidas, ou nas fogueiras da Inquisição. E o terrorismo actual, e muitos movimentos políticos do século XX – com o que eles envolveram de amor a certos projectos e ideias – aí estão igualmente para demonstrar que o amor também pode ser fonte de mal e de ódio.


                                  Eduardo Reisinho

 

 

 

Copyright  Eduardo Reisinho e MeaningsOfLife.com